(Fechar X)
Promoção Produtos Importados Br
Projeto Pornô
Publicidade1
Projeto Pornô
   
Comprar Produtos Adultos Importados (Embalagem Discreta)
Home
Vídeos
Fotos
Artigos
Contos Eróticos
Anuncie Anuncie
Parceria Parceria
Home   

Artigos

  

Tabus

Sai de Baixo

  Tamanho da Fonte:
Diminui Tamanho Fonte -    Aumenta Tamanho Fonte+
Imprimir Imprimir

Sai de Baixo
Há duas perguntas nesse mundo cujas respostas eu já me conformei em nunca obter. Primeiro e antes de mais nada, como o Tiririca foi eleito deputado federal com mais de um milhão de votos válidos se não há sequer um brasileiro que assuma ter votado nele. Segundo, e muito mais pertinente à discussão que aqui se estenderá, como surgiu o sexo. Vira e mexe me pego brincando de reinventora da roda e pensando nisso. Teria o sexo surgido como uma brincadeira de criança? Como mera curiosidade? Seria fruto da falta do que fazer? Teria o homem, enfim, percebido que coçar o saco não é a melhor coisa a se fazer com suas partes íntimas? Ou o sexo foi resultado da simples necessidade de povoar esse mundão?



Seja como for, já ficou pra trás – e todos nós devemos, no mínimo, um caloroso abraço ao camarada que percebeu como as peças desse quebra-cabeça se encaixam com maestria. A verdade é que, independente da inspiração criador na hora da criação, durante muito tempo o sexo foi considerado mero método de reprodução. Era como arar terra. A mulher bancava o buraco, e o homem entrava com a estaca. Assim mesmo, sem beijo na boca, sem suspiros ofegantes, sem chupadinhas, sem massagem nas costas. Sem sequer abrir o primeiro botão, afinal, não precisava: ela só tinha que se deitar e levantar a saia. A ele, cabia prendê-la entre as pernas, abrir a braguilha e ejacular. Assim mesmo, com a mesma magia de ligar pra um delivery e pedir uma pizza.



Por mais que vocês me chamem de feminista desvairada – crítica exaltada que ouço frequentemente desde os meus tenros doze anos de idade – eu digo de cabeça erguida e com toda a certeza do mundo: o lance de o homem ficar por cima no sexo é cultural. E foi fomentado pela mesma sociedade que proibiu a mulher de votar até meados dos anos 30 e que hoje diz que a minissaia e o decote da gostosa do terceiro andar dão margem ao estupro. Isso é sociologia pura, meus caros. O feminino é o pólo do baixo, do submisso, da passividade. O masculino, por sua vez, faz o papel oposto: é o alto, o dominador, a atividade. O meu e o seu corpo são muito mais do que meros invólucros. São a nossa primeira identificação – antes de se nascer bonito ou feio, nasce-se homem ou mulher, portanto, dominador ou dominado. De certa forma, a nossa posição na escala de poder depende de fatores físicos – internalizamos a dureza de um pau e a obscuridade de uma vagina e os atrelamos à capacidade ou à falta dela. A guerra dos sexos é estrutural, meus bens.



De tão incorporada que essa condição está, nós – tanto homens quanto mulheres – aceitamos que as coisas sejam como são. Que o papai e mamãe, o sexo sacral, é homem em cima e mulher em baixo. Que o ménage composto por duas mulheres e um homem é mais bonito e natural. Que ele deve ser chupado até gozar e que ela, quando chupada, deve encarar isso como um mero estímulo, um favorzinho. Que o homem que pega muita mulher é garanhão e que a mulher que pega muito homem não vale um centavo. E que toda e qualquer tentativa da mulher se igualar ao homem é tosca, forçada e falta de um bom pau pra chupar ou de um par de bolas pra fazer malabares.



Mas há uma luz no fim do túnel. Se a tendência dos casais modernos é dividir a pilha de louça, as contas da casa e as trocas de fraldas, por que não dividir o comando da cavalaria na cama? Brincar de ora ser o cavalo, ora ser o cavaleiro. E comandar não é apenas ficar por cima. É poder compartilhar vontades, guiar as mãos, coordenar os movimentos. É se permitir sem o medo de parecer pretensiosa. Ou puta. Ou feminista. Enfim, é sair de baixo.
Fonte: www.casalsemvergonha.com.br
views 1737


tags:

posição 

social 

feminismo 

machismo 

cavalgar 

mulher 

cima 

reflexo 

cama 





Novidades:




  Artigos Relacionados

Prazer anal masculino. Como você lida com essa questão ?


Falar em excitação nesta área é levantar tabus e preconceitos. Mas a verdade é que eles, homens, podem sentir prazer se forem estimulados nessa região.

  views 3532

Procura-se um amor que goste de chupar


Pode pendurar aí a plaquinha de “procura-se um amor que goste de chupar pepecas”.

  views 2485

Fetiches sórdidos que as mulheres não tem coragem de pedir


Mulheres são adoráveis criaturas. Frágeis princesinhas, bonecas delicadas, sonhadoras românticas cujas maiores fantasias sexuais envolvem fazer amor na praia, sob a luz do luar.
Errado!

  views 5880

Tenho nojo de engolir e ele fica chateado. Como proceder? Engolir ou Cuspir?


A questão do cuspir ou engolir é uma daquelas curiosidades clássicas que sempre geram dúvidas nas pessoas. Vejam alguns depoimentos...

  views 2863

Sexo na Terceira Idade. Quebrando mitos e tabus sobre o assunto...


É de senso comum as pessoas acharem que os idosos não têm relações sexuais e nem condições para tê-las. Imagina-se que os senhores e senhoras não têm vontade de obter sexo. Ledo engano...

  views 3161
 
 
Parceiros & Links Recomendados Recomendados!

1. 2. 3. 4. 5.
6. 7. 8. 9. 10.
11. 12. 13. 14. 15.
16. 17. 18. 19. 20.
21. 22. 23. 24. 25.
26. 27. 28. 29. 30.
31. 32. 33. 34. 35.
Videos De Putaria     KiNovinhas     http://www.rodiziodegatas.net/     CNN Sexo     xvideos porno     Novinha Tesuda

> Xvideos Pornos        > Só Putinhas        > Brasileiras Putas        > Mulheres a foder

> Comendo sua Mãe        > Gatas Quentes        > Portal da Putaria        VAZOU NO WHATSAPP


*ATENÇÃO: Clique aqui para entrar em contato conosco para denunciar um site acima que tenha conteúdo ilegal/malicioso ou contaminado!
> Clique Aqui e cadastre-se para se tornar um Parceiro do Projeto Pornô® <
 
 
    porno     pornô     videos porno     fotos eroticas     sexologia     contos eroticos     gostosas     novinhas

    amadora     xoxota     buceta     atriz porno famosa     sexo oral     bunda     traição     bundas

    xoxota     sexo oral     putaria     bucetas     porno    bucetinhas    contos eróticos
 
Violência Contra a Mulher: DENUNCIE! Todos Contra a Pedofilia!
Site Proibido Para Menores de 18 anos! Site Proibido Para
Menores de 18 anos!
Copyright © ProjetoPorno.com.br, Todos Direitos Reservados  -  Contato   Retirar Conteúdo
Melhor Visualizado na resolução: 1024 x 768 px.