(Fechar X)
Promoção Produtos Importados Br
Projeto Pornô
Publicidade1
Projeto Pornô
   
Comprar Produtos Adultos Importados (Embalagem Discreta)
Home
Vídeos
Fotos
Artigos
Contos Eróticos
Anuncie Anuncie
Parceria Parceria
Home   

Contos Eróticos

  

Estudantes / Alunos

Contos Eróticos  

TaeKwon-Do e sexo, combinação perfeita.

  Tamanho da Fonte:
Diminui Tamanho Fonte -    Aumenta Tamanho Fonte+
Imprimir Imprimir

TaeKwon-Do e sexo, combinação perfeita.
Fonte Foto: carlinha.com.br
Tenho 22 anos, tenho um corpo bem cuidado, sempre pratiquei esportes, tenho uma beleza comum, nada extravagante, sou baixinha, estou no meu peso iseal, curvas interessantes, cabelos longos e cacheados e adoro minhas pernas e meu bumbum, são muito torneados em função do Tae Kwon Do, que pratico desde 8 anos de idade, também nado bastante, ao menos 3 vezes por semana, sendo assim meu corpo está muito bem cuidado, considero minha beleza natural, e sempre recebo elogios quando ando pelas ruas, mas sei que existem mulheres maravilhosas e híper bem produzidas por aí, especialmente no clube que frequento, por isso, nunca imaginei neste relacionamento maravilhoso.

Em todos estes anos de TaeKwon Do tive vários mestres, ganhei muitas medalhas e adoro lutar, sempre que estou no Dojan, me dedico ao máximo, devido à este longo tempo treinando conquistei muita flexibilidade e tenho abertura total em minhas pernas, pois é uma necessidade para quem pratica Artes Marciais, sendo assim, acabo me destacando nos treinos e em alguns campeonatos em minha categoria. Isto sempre chama a atenção dos homens, durante as lutas e especialmente durante os treinos, até porque acabamos utilizando algumas posições ’delicadas’ para forçar a abertura e alongar todo o corpo, pra nós mulheres acaba ficando meio constrangedor ficar de bumbum pra cima, ou de pernas abertas sabendo que existem homens ao redor e com certeza eles ficam olhando... Mas com o tempo a gente se acostuma.

Há aproximadamente 2 anos chegou um novo mestre aqui no clube, ele é muito bonito, treina desde criança, hoje ele tem 35 anos, muito bem cuidado, um corpo escultural, e faz coisas inacreditáveis enquanto luta e durante os treinos, ele praticamente vôa com seus golpes, não tem explicação, quando ele faz alguma demostração toda equipe fica boquiaberta. Com isso, é claro que ele desperta a imaginação de todas nós alunas ou não, é o tipo do homem que chama a atenção quando passa na rua, imagina vestido com aquele Do-Bok ’se pronuncia Do-Bô’ (uniforme) branco, que deve ter sido feito sob encomenda, pois ele é muito forte, realmente nos leva a imaginar... É lógico que todas as meninas disputam pra ver quem conseguirá conquistá-lo e como eu disse, aqui no clube tem mulheres lindas, daquelas que ficam o dia todo em academias, salões de beleza, shoppings, clínica de estética, etc... Eu sempre achei que não seria páreo para elas, sendo assim, preferia admirá-lo em silêncio, e lutar muito bem, pois é o que eu mais amo fazer (depois do sexo, claro!). Então guardo minhas fantasias para mim e treino com a dedicação de sempre.

Em função desta minha dedicação, criei um laço de amizade com o mestre, quando ele faltava ou se atrasava eu organizava a equipe para que os treinos continuassem mesmo na ausência dele, com isto passamos a nos falar sempre, às vezes dávamos carona um para o outro e eu nem sequer imaginava a hipótese de algo acontecer entre nós e talvez por eu não demonstrar interesse, ele também me tratava como amiga e com respeito, mas no fundo, nos admirávamos mutuamente e nos desejávamos em segredo. Ele sempre atencioso comigo e sempre me dando dicas e cobrando resultados, eu tinha certeza de que era em função de minha luta, e experiência, até porque nossa equipe tem poucas mulheres e amaioria não leva tão a sério, boa parte ainda é criança, das adultas que realmente lutam, podemos contar com 4 além de mim, as demais treinam mais para condicionamento físico e nem participam de campeonatos, sendo assim, sou muito cobrada por mim mesma e pelo mestre também.

Certa vez, o mestre me disse que gostaria de me ensinar algumas coisas novas e corrigir alguns detalhes em minha postura, então me propôs que ficasse após o término das aulas para que podessemos trabalhar sem atrapalhar os demais alunos. Eu concordei, afinal me preocupo com minha carreira como atleta, mais uma vez, nem imaginei que ele estaria interessado em mim como mulher. Pois bem, após a aula os alunos foram saindo pouco à pouco, as menininhas rodearam o mestre como sempre, jogando charme, etc. Eu bebi água como sempre faço e voltei para o Do-djan ’local de treino’ e fiquei alongando um pouco enquanto aproveitava para descansar.

Depois que todos saíram, ele demorou um pouco para vir, e quando apareceu, veio com uma carinha diferente, ele costuma ser sempre muito sério, naquele momento ele tinha um sorriso diferente e safado, achei que algo havia acontecido, dei risada e perguntei: - o que você aprontou??, ele riu e acenou com a cabeça um sinal dizendo não, nada, sentou-se ao meu lado e começou a me ajudar em meu alongamento. Aos poucos ele tocava em mim, me ajudando a forçar minha abertura, como sempre fazemos nos treinos, mas desta vez, estávamos sozinhos e ele deslizava as mãos em meu corpo lentamente e sempre me olhando com aquele ar de safado.

Eu estava confusa, não sabia se era o que eu estava pensando, ele nunca havia demonstrado nenhum interesse em mim e eu ainda achava que era ’muita areia pro meu caminhãozinho’, tentei agir naturalmente, mas meu corpo já estava arrepiado e conforme ele mudava os movimentos, minha respiração já se alterava, tenho certeza de que ele já havia notado, mas evitava encara-lo e tentava fingir que nada estava acontecendo. Ele me colocava sempre naquelas posições comprometedoras e me olhava com um ar muito safado, então ele disse: - é por isso que eu adoro o Tae Kwon Do?, deu uma risadinha muito safada, tenho certeza que fiquei vermelha, mas continuei fazendo meus exercícios, então ele disse que gostava muito de me ver treinando e também gostava da minha flexibilidade, disse que meu namorado é um cara de sorte. Eu perguntei porque e ele disse: -Se aqui você tem toda esta flexibilidade, posso imaginar o que você faz com ele?. Eu fiquei sem fala, não acreditava que ele estava me abordando com este assunto. Então eu respondi meio sem graça que não tenho namorado, ele ficou surpreso, abriu um sorriso lindo e disse: - Não? Impossível, os homens da sua idade estão muito moles, você precisa de um homem de verdade, como eu?, nesta hora ele segurou em minha mão e disse: - preciso de sua ajuda, tenho que organizar nosso material de treino e tem coisas que só mulher pode fazer. Me ajuda?? Eu disse que sim e fui com ele para a sala onde fica todo equipamento, pra minha surpresa não tinha nenhuma bagunça e tinha um sofá num canto, uma pequena TV e um aparelho de som, ele disse que as vezes dorme ali entre um treino e outro. Então ele trancou a porta, foi até o aparelho de som e colocou um CD do Pink Floyd (aprendi a gostar com ele), ele veio até mim, com um sorriso muito safado, colocou a mão em meu pescoço, chegou bem perto e disse: - A quanto tempo eu tenho esperado pra beijar esta boca?, tentei me afastar, fiquei com medo de alguém chegar, bobagem minha, além de muito forte, ele é mestre em Artes Marciais, mas que depressa ele me puxou pra junto do corpo dele, segurou firme em minha nuca e disse: - Eu não quero lutar agora. Você quer? Acho que você perde?, com aquela firmeza e virilidade ele me beijou de uma maneira deliciosa, me roubava o ar, minhas pernas tremiam, eu o beijava com a mesma intensidade, nesta hora meu corpo era todo dele, aos poucos ele foi me despindo, quando estava só de calcinha ele disse: - Como eu queria ver este corpo, te vejo de Do-Bok e fico imaginando suas curvas, cada vez que você se abaixa ou abre as pernas eu fico de pau duro, não agüentava mais de tesão, você é linda, é muito mais do que eu imaginava, com tanta roupa não dá nem pra imaginar... ele também se despiu, seu corpo é mais lindo do que o Do-Bok motrava, seu abdômen todo delineado, era uma visão indescritível, parecia um sonho. Seu pau era lindo, grande, não muito grosso, cheio de veias, caberia direitinho em minha boca, eu fiquei muito mais molhadinha do que já estava. Ele veio, me pegou no colo e me deitou no sofá dizendo: - Que delícia, pequena, cabe em todos os lugares que eu quiser, agora você é minha?, me beijou novamente e foi descendo aos poucos, passou pelos meus seios, depois pela barriga, e tirou minha calcinha com os dentes, como eu nado, mantenho sempre depiladinha, ele enlouqueceu quando viu minha bucetinha sem pêlos, disse: - Nossa, parece uma bonequinha, não teve dúvida, caiu de boca e me chupou gostoso, lambia com vontade, enfiava a língua, brincava com meu grelinho, eu enlouqueci, gozei rapidinho na boca dele, então ele parou, ficou em pé e eu me deliciei, chupei aquela vara com todo tesão, quase não cabia em minha boca, lambia a cabecinha e o olhava com cara de safada, ele se contorcia e delirava, quando ele percebeu que ia gozar, tentou me afastar, mas para sua surpresa eu o segurei e forcei ainda mais para que todo seu pau ficasse na minha boca, ele gozou gostoso, eu não dava conta, era muita porra, escorria pelos cantos da boca, até que eu engoli tudo e o deixei limpinho... Ele ficou alucinado, não podia acreditar naquilo, ele se deitou ao meu lado e me beijava ofegante, dizendo que não agüentava mais bater punheta pensando em mim, que eu era muito melhor do que ele imaginava, então ele me beijava cada vez mais, e então começou a acariciar meus seios, e depois começou a enfiar o dedo em minha bucetinha, que estava molhada de tesão, ele foi acelerando os movimentos e eu cada vez mais molhada, ele disse: - Humm assim que eu gosto, desse jeito vou ter que comer..., quando me dei conta, ele estava de pau duro de novo, ele me pegou por traz e me levou até uma mesa que estava ali, me debruçou deixando minha bucetinha ali à sua dispoisção e disse: - Que imagem linda, agora, toda vez que eu te ver de bundinha pra cima no treino, vou me lembrar desta bucetinha depiladinha e molhada?, na mesma hora ele me penetrou com muita vontade, foi fácil, pois eu estava ensopada, deslizou sem nenhuma dificuldade, ele colocava cada vez mais fundo e mais forte, gemia como um animal no cio, ele colocava tudo, sem dó, me fodia como se fosse a última vez, eu estava louca de tesão, e pedia mais, me fode gostoso, me enche de tesão, você é que manda meu mestre, ele ficava louco com minhas palavras e meus gemidos e investia cada vez mais, era delicioso sentir todo aquele pau entrando e saindo de mim, ele cada vez mais voraz e violento, até que gozamos juntos, alucinadamente, eu podia sentir ele jorrando dentro de mim, quente, forte... que delícia, eu gritei e mês esqueci completamente do mundo ao redor, ele se debruçou por cima de mim, sem forças e ofegante, me beijando e acariciando... saímos dali e fomos tomar um banho, transamos mais uma vez e ele gozou muito, depois fechamos toda a sala de treino e ele me levou pra casa, transamos novamente na garagem do prédio, eu subi o elevador com a porra dele lambuzando minha calcinha... Foi maravilhoso.

Depois disso eu sempre ficava um pouco mais com ele no treino para arrumar os equipamentos e transávamos sempre, hoje somos namorados e fazemos todo tipo de loucura, durante as aulas, nós nos provocamos com olhares, e eu o provoco com poses gostosas durante o alongamento, ele fica louco, depois da aula, ele me dá ’uma surra de rola’ e eu sempre perco nesta luta com ele. É maravilhoso...
Um dia eu conto o que fizemos na piscina do clube....

Fonte: acervodecontos.com
O patrão ficou maluco!
Cupom de desconto do novo parceiro do ProjetoPornô: P10D2AAP
Acesse www.produtosimportadosbr.com.br e aproveite o nosso desconto!


views 2289


tags:

TaeKwon-Do 

alunos 

estudantes 

lutas 

treinador 

baixinha 

beleza 

natural 

treino 

bucetinha 

molhada 

suando 




Novidades:




  Contos Eróticos Relacionados

Isa, a nova putinha da escola (o trabalho)

A mão no meu clítoris acelerou os movimentos circulares, aumentando a pressão. O grelhinho que já estava inchado...

views 2848

Dei o que ele queria de presente de aniversário...

E agora vou contar como Eduardo me convenceu a dar a bundinha pra ele. Chamo-me Cleide branquinha...

views 4035

Eu Comi o Cuzinho da Evangélica da Faculdade

Por cima dela não teve como sair e levantei aquela saia e atolei o dedo na sua...

views 4601

A Colega GORDINHA e LINDA

Tirei seu camisão, olhei para aquele rosto lindo e sua boca carnuda. Agora ela estava ali com os seios de fora me...

views 4880

Suruba na república

me colocou de lado e ele de joelhos enfiou sua rola na minha xoxota, metendo sem dó...

views 3821
 
 
Parceiros & Links Recomendados Recomendados!

1. 2. 3. 4. 5.
6. 7. 8. 9. 10.
11. 12. 13. 14. 15.
16. 17. 18. 19. 20.
21. 22. 23. 24. 25.
26. 27. 28. 29. 30.
31. 32. 33. 34. 35.
Videos De Putaria     KiNovinhas     http://www.rodiziodegatas.net/     CNN Sexo     xvideos porno     Novinha Tesuda

> Xvideos Pornos        > Só Putinhas        > Brasileiras Putas        > Mulheres a foder

> Comendo sua Mãe        > Gatas Quentes        > Portal da Putaria        VAZOU NO WHATSAPP


*ATENÇÃO: Clique aqui para entrar em contato conosco para denunciar um site acima que tenha conteúdo ilegal/malicioso ou contaminado!
> Clique Aqui e cadastre-se para se tornar um Parceiro do Projeto Pornô® <
 
 
    porno     pornô     videos porno     fotos eroticas     sexologia     contos eroticos     gostosas     novinhas

    amadora     xoxota     buceta     atriz porno famosa     sexo oral     bunda     traição     bundas

    xoxota     sexo oral     putaria     bucetas     porno    bucetinhas    contos eróticos
 
Violência Contra a Mulher: DENUNCIE! Todos Contra a Pedofilia!
Site Proibido Para Menores de 18 anos! Site Proibido Para
Menores de 18 anos!
Copyright © ProjetoPorno.com.br, Todos Direitos Reservados  -  Contato   Retirar Conteúdo
Melhor Visualizado na resolução: 1024 x 768 px.