(Fechar X)
Promoção Produtos Importados Br
Projeto Pornô
Publicidade1
Projeto Pornô
   
Comprar Produtos Adultos Importados (Embalagem Discreta)
Home
Vídeos
Fotos
Artigos
Contos Eróticos
Anuncie Anuncie
Parceria Parceria
Home   

Contos Eróticos

  

Secretárias / Estagiárias

Contos Eróticos  

Secretária casada e safada

  Tamanho da Fonte:
Diminui Tamanho Fonte -    Aumenta Tamanho Fonte+
Imprimir Imprimir

Sou empresário aqui em Campinas e tenho uma secretária que já trabalha comigo faz três anos. Quando começou a trabalhar apenas namorava, depois noivou e agora se casou com aquele que, hoje, o chamo de sócio em matéria de mulher.

Tudo começou depois de quase um ano que ela trabalhava comigo. Com seus vinte e um aninhos de idade, na época, pais morando em outra cidade do interior do Paraná, ela não tinha ninguém para conversar a não ser com o noivo e comigo. Ela costuma dizer que sou uma espécie de "pai-amigo", até aí tudo bem, só que como sou casado, apesar de sempre sentir tesão por ela, nunca quis avançar o sinal com medo de levar uma invertida e acabar com meu casamento e sofrer outros tipos de problema.

Nestas conversas no decorrer do expediente de trabalho, ela sempre falava que nunca tinha traído seu noivo e que só o faria um dia se fosse com alguém mais velho e que não saísse por aí espalhando sobre a transa. Tenho 35 anos de idade e não me considero nenhum "trombolho", tenho as medidas normais de um homem, vamos dizer, atraente e charmoso. Ela é do tipo minhon com tudo no lugar certo apesar de não ter mais que 1,60 de altura, é uma delícia aos olhos de qualquer homem. Com o passar dos dias acabei ficando amigo do noivo dela e, as vezes, saímos todos juntos para tomar um chopp.

Num certo dia, pelo interfone, por brincadeira, tinha que pagar-lhe o salário e estava com o dinheiro em minhas mãos e perguntei por telefone "quer o que eu tenho na mão?" - Ela, mais que depressa respondeu: "Só se estiver bem duro" - Ela não imaginava que fosse o dinheiro que eu repassaria a ela e aproveitei a deixa para dizer: "Então venha na minha sala depois das seis e sem calcinha por baixo da saia que ela usava naquele dia" - "Seu desejo é uma ordem chefe, eu irei" - Pensei que ela estivesse de brincadeira comigo, mas, depois disso, num momento que passei em sua sala eu a ouvi dizendo para seu noivo que não viesse busca-la naquele dia porque iria dar uma passada no shopping para ver umas roupas. Mesmo ouvindo isso fiquei na espreita e sem acreditar muito que alguma coisa pudesse acontecer.

Chega o fim do expediente e minha ansiedade aumenta ainda mais. Também tomei o cuidado de avisar minha esposa que chegaria mais tarde em casa devido alguns problemas na empresa. Em seguida ela adentra minha sala depois que todos foram embora e fecha a porta com a chave. Me olha de um jeito que nunca antes havia me olhado e caminha em minha direção com aquele olhar super-safado e me diz: "Estou do jeito que você pediu que eu estivesse" referindo-se a calcinha - "E então, o que você vai fazer comigo agora?" - "Tudo daquilo que eu e você estamos querendo fazer" respodi-lhe. Saí detras da minha mesa e, sem nada mais dizer, dei-lhe um beijo molhado enquanto acariciava todo o seu corpinho mignhon, inclusive, já levantando sua saia onde não encontrei nenhuma calcinha cobrindo sua bucetinha pequena. Ela ofegava e apalpava meu pau por cima da calça até conseguir abrir o ziper pegando no meu pau e já iniciando uma leva punheta enquanto eu sugava suas tetinhas durinhas. Ela só sussurava: "Sempre sonhei com este momento... Não estou nem acreditando que está acontecendo... Ai que delícia de boca... Vai... Me chupa gostoso que eu sempre me masturbei pensando nessa sua boca de lábios carnudos me chupando inteira... Vai... Continua assim que vou gozar logo logo". - Encostei-a na borda da minha mesa e continuei no banho de língua por todo seu corpo começando pelas orelhas até chegar nas virilhas que, lentamente, começei a passar a língua de leve no clitóris que estava durinho. "Que língua tesuda você tem... Chupa minha bucetinha, chupa bem gostoso..." - Nestas alturas ela já estava sentada na minha mesa com as pernas totalmente abertas. Ajoelhei-me entre suas pernas e continuei chupando até ela atingir seu primeiro orgasmo. Quando ela gozou parecia que tinha ejaculado de tanto líquido que escorria da sua buceta. Minha mesa ficou toda molhada embaixo da sua bunda. Quando passou o frenesi da gozada ela desceu lentamente da mesa e começou a chupar meu pau deixando-o bem lubrificado e duro. Depois ela voltou a sentar na mesa de pernas abertas e pediu para eu meter em sua buceta. "Agora fode a minha buceta chefinho... Come essa putinha que sempre quiz trepar com você... Enfia teu pau nela bem devagarzinho no começo e depois bomba com força... Fode...Aaaaaaa que tesããããããããoooooo gostoooosoooo...Não para de me fuder, continua que esse teu cacete está uma delícia... Vou querer sempre esse pau dentro da minha buceta... Mete forte agora, vai, vai, vaaaiiiii..." - Enquanto metia em sua buceta ela me encarava olhando bem dentro dos meus olhos e falava por entre os dentes de tanto tesão que ela sentia. "Molha a entradinha do meu cu com o teu pau que eu quero meter meu dedinho nele, vai... Vou meter só meu dedo... Meu marido sempre quer comer meu cú, mas nunca deixei por causa da dor... Continua me fudendo gostoso pintudo, vai... Daqui uns dias vou dar meu cuzinho também nas minhas trepadas, por enquanto só consigo enfiar meus dedinhos nele até ela lacear bem para receber um cacete de verdade feito o seu... Continua me fodendo chefinho tarado..." - Eu estava até perplexo de tantas palavras que eu imaginava que ela jamais pronunciasse. Ela estava completamente depravada naquele instante. "Fode caralhudo...Arromba essa buceta arreganhada que agora também é sua... Me fode como você fode uma puta qualquer de esquina seu cachorro tesudo... Meu marido não me come como devia, aquele corninho...Sua mulher também é uma chifruda filha da puta que agora vai ter que dividir comigo esse caralho gostoso que você tem..." - Eu já não aguentava mais segurar minha vontade de gozar e acelerei as estocadas avisando-a que ia gozar. A filha da puta enlaçou as pernas pelas minhas costas me impedindo de tirar meu pau da sua buceta. "Continua assim...Não tira não... Quero ir pra casa com tua porra na minha buceta... Vai me come seu desgraçado...Enfia tudo até o talo... Bate no meu útero... Massacra ele que estou gozando também." Dei mais algumas bombadas e gozei dentro daquela buceta apertadinha.

Depois que as batidas cardíacas voltaram ao normal conversamos bastante sobre como seria dali por diante o nosso relacionamento profissional, esse era meu maior medo. Por sorte, isso ja vem acontecendo a dois anos e quando não dou uma bela trepada com ela dentro da minha sala, pelo menos ela me faz uma chupeta até eu gozar na boca dela onde ela engole tudo e sai da sala como se nada tivesse acontecido. O engraçado é que nunca fomos num motel ou outro lugar, só transamos dentro do escritório. Já chegamos a transar dentro da minha sala enquanto o marido dela a aguardava na recepção, alegando que iria receber umas instruções para o trabalho que teria que faser no dia seguinte no primeiro horário. O Chifrudo ficou lendo uma revista na recepção enquanto eu fodia a buceta da mulher dele e também o cuzinho que, agora, ela já consegue dar sem sentir nenhuma dor, pelo contrário, chega a gozar com uma rola encravada no cú

Autor: PINTUDO CAMPINAS
Fonte: casadoscontos.com.br
O patrão ficou maluco!
Cupom de desconto do novo parceiro do ProjetoPornô: P10D2AAP
Acesse www.produtosimportadosbr.com.br e aproveite o nosso desconto!


views 5005


tags:

empresário 

secretária 

chefe 

pau 

bucetinha 




Novidades:




  Contos Eróticos Relacionados

Estagiária invicta (ÓTIMO CONTO)

Depois de mais beijos e carícias feitas com o caralho deslizando pela minha vulva, Cleiton passou a...

views 2216

Secretária Safada... (REAL)

Apesar de parecer obvio este não é um conto e sim um relato. Tenho 21 anos 1,83 de altura, corpo malhado...

views 2552

Estagiária de Administração (Morena Rabuda)

Pedi que ela deitasse em posição de frango assado. Adoro ver uns peitos balançado ao ritmo da penetração. Encaixei...

views 2564

Meu chefe me chantageou, me fodeu e eu gostei...

Às vezes a vida nos prega cada peça... Eu penso que nada acontece por acaso. Eu me chamo Angelina, tenho 25 anos e sou casada...

views 4025

Excelente Funcionária

Oi, algumas pessoas aqui já me conhecem, eu sou a Júlia e voltei pra fazer mais um relato pra vocês...

views 3228
 
 
Parceiros & Links Recomendados Recomendados!

1. 2. 3. 4. 5.
6. 7. 8. 9. 10.
11. 12. 13. 14. 15.
16. 17. 18. 19. 20.
21. 22. 23. 24. 25.
26. 27. 28. 29. 30.
31. 32. 33. 34. 35.
Videos De Putaria     KiNovinhas     http://www.rodiziodegatas.net/     CNN Sexo     xvideos porno     Novinha Tesuda

> Xvideos Pornos        > Só Putinhas        > Brasileiras Putas        > Mulheres a foder

> Comendo sua Mãe        > Gatas Quentes        > Portal da Putaria        VAZOU NO WHATSAPP


*ATENÇÃO: Clique aqui para entrar em contato conosco para denunciar um site acima que tenha conteúdo ilegal/malicioso ou contaminado!
> Clique Aqui e cadastre-se para se tornar um Parceiro do Projeto Pornô® <
 
 
    porno     pornô     videos porno     fotos eroticas     sexologia     contos eroticos     gostosas     novinhas

    amadora     xoxota     buceta     atriz porno famosa     sexo oral     bunda     traição     bundas

    xoxota     sexo oral     putaria     bucetas     porno    bucetinhas    contos eróticos
 
Violência Contra a Mulher: DENUNCIE! Todos Contra a Pedofilia!
Site Proibido Para Menores de 18 anos! Site Proibido Para
Menores de 18 anos!
Copyright © ProjetoPorno.com.br, Todos Direitos Reservados  -  Contato   Retirar Conteúdo
Melhor Visualizado na resolução: 1024 x 768 px.