(Fechar X)
Promoção Produtos Importados Br
Projeto Pornô
Publicidade1
Projeto Pornô
   
Comprar Produtos Adultos Importados (Embalagem Discreta)
Home
Vídeos
Fotos
Artigos
Contos Eróticos
Anuncie Anuncie
Parceria Parceria
Home   

Contos Eróticos

  

Virgindade

Contos Eróticos  

Perdendo o cabacinho.

  Tamanho da Fonte:
Diminui Tamanho Fonte -    Aumenta Tamanho Fonte+
Imprimir Imprimir

Me chamo Patricia, o que vou relatar aconteceu no ano passado, quando eu perdi minha virgindade, naquela época eu já tinha seios fartos e uma bunda média, mas bem arrebitada, que me rendia vários elogios nas ruas, tenho/tinha pele clara e cabelos louros até o busto.

Kaique era um ano mais velho que eu e era bronzeado, magro, porém razoavelmente musculoso, usava óculos, mas isso apenas o deixava mais tesudo. Eu o conhecia da escola mas nunca havíamos nos falado, embora eu sempre fosse louquinha por ele.

Ele estava na rua em frente á minha casa jogando futebol com seus amigos, usava apenas um calção branco que suado revelava uma mala magnifica. Nunca gostei de futebol, mas fiquei em minha varanda apreciando aquele jogo emocionante. Kaique sempre olhava para mim durante o jogo eu fazia algum gesto sedutor. Ao término do jogo Kaique olhou para mim e fez um gesto pedindo com que eu descesse. Eu obedeci rapidamente, ele me esperava em frente ao meu portão.

— Oie. — Eu disse exagerando no som do “e”.

— E ai. — Ele disse. — Tem um copo d’água? Eu esqueci a chave da minha casa e minha mãe teve de sair, e estou trancado.

— Claro, entre! — Abri o portão deixando-o passar, tendo a oportunidade de notar uma coisa: A bunda dele é uma coisa divina!

Dei a água para ele e enquanto ele bebia tomei ousadia para dizer algo.

— Nossa! Como você está suado! — Eu disse.

— Não quer tomar um banho não? Já que você está trancado para fora de casa…

— Gata eu adoraria, mas não seria muita folga não? — Ele disse.

— Que nada, além do mais estou sozinha em casa.

— Ah, firmeza. — Ele sorriu. — Onde fica o banheiro?

Mostrei o banheiro para ele e fui para a sala assistir TV.

— Tem uma toalha? — Kaique gritou do banheiro.

— Tem sim, já vou levar.

Bati na porta com a toalha.

— Pode entrar, eu não ligo de me verem pelado.


boquete da loira


Abri a porta e ao me deparar com aquela pica enorme eu fiquei paralisada de forma discreta, eu necessito de ter aquilo dentro de mim. Entreguei a toalha para ele fingindo estar tímida mas ele ao invés de pegar a toalha pegou minha mão. Ele levou minha mão para seu mastro e eu comecei a punheta-lo. Rapidamente ela estava dura e enorme, deveria ter uns 17cm. Tirei minha blusinha e ajoelhei-me diante dele ara poder engolir todo aquele pau delicioso. Ele pegou pela minha nuca e brutalmente fodeu minha boca, enfiando até o talo. A saliva escorria de minha boca e ele continuava a enfia aquela pica enorme em minha boca intensamente até gozar. Sua porra quente e branca jorrou em jatos em minha garganta e eu engoli todo aquele leite maravilhoso, o manjar dos deuses que Kaique estava me dando.

Ele, ainda me controlando pelo cabelo, como se fosse rédeas me fez ficar de quatro e arrancou minha saia e minha calcinha e rapidamente começou a chupar minha bucetinha risada e molhadinha, ele a chupava de um jeito intenso que me fazia se contorcer de prazer. Após chupar minha xoxotinha e prepara-la para ser fodida ele deu um tapa em minha bunda, me fazendo soltar um grito, realmente doeu. Ele se sentou sobe o vaso sanitário.

— Vai sua putinha, vem cavalgar em mim, vem.

— Eu sou virgem ainda. ¬— Eu disse. — Nessa posição vai doer muito.

— Foda-se. — Ele deu um tapa em minha cara. — Eu mandei cavalgar, agora vem sua vadia.

Obedecia a sua ordem e com receio fui me encaixando devagar em seu mastro, mas ele afundou de vez sua pica em minha xoxotinha arrancando de mim um urro de dor, eu nunca havia sentido tanta dor em minha vida, perder o cabaço realmente é dolorido, pelo menos tirei a sorte de não sangrar. Eu cavalgava muito devagar nele deixando que apenas sua cabecinha penetrasse, mas ele não teve paciência e começou a me foder rapidamente, eu gemia alto, chorava e implorava para que ele parasse, mas não adiantava ele continuava a me foder brutalmente, depois de cinco minutos agonizantes e doloridos finalmente pude sentir o verdadeiro prazer do sexo. Ele me pegou pelos cabelos novamente e me colocou contra a parede e começou a foder minha bucetinha novamente. Seus gemidos se uniam ao meu formando um coral de prazeres que me excitava muito. Quando eu estava quase gozando ele tirou sua rola de minha bucetinha e a enfiou no meu cuzinho retirando de mim lágrimas de dor.

— Vai sua putinha, chora! Grita! — Ele disse ao meu ouvido cuspindo em minha cara. — Quero ver você chorando sua vadia filha da puta! Se não aguentar meu caralho vai ter que aguentar o meu e os dos meus amigos!

Ele começou a foder minha buceta com os dedos, me fazendo me contorcer com o misto de prazer e dor enquanto fazia isso fodia meu cuzinho, a dor parecia que nunca iria parar e de fato não parou. Ele tirou sua pica do meu cuzinho e começou a chupar minha bucetinha até eu gozar na boca dele. Depois ele me jogou no chão e começou a bater punheta até gozar na minha cara.

Continua …

Autor: Patricia Loirinha
Fonte: contoerotico.com.br
O patrão ficou maluco!
Cupom de desconto do novo parceiro do ProjetoPornô: P10D2AAP
Acesse www.produtosimportadosbr.com.br e aproveite o nosso desconto!


views 4198


tags:

virgindade 

virgem 

cabaço 

hímen 

bunda 

arrebitada 

empinada 

musculoso 

pica 

enorme 

xoxotinha 

apertadinha 

grosso 

tapa 

buceta 




Novidades:




  Contos Eróticos Relacionados

Meu professor tirou minha virgindade

Chegando lá na casa dele, estávamos beijando e ele começou a puxar minha saia para cima...

views 4238

Crentinha Virgem

Valéria é crente e quase sempre esta de saia, ela tem um namorado crente tambem, eles já namoravam...

views 13248

Como perdi minha virgindade

Tirou minha calcinha e beijou meu umbigo, foi descendo com cuidado, beijando e dando lambidinha até chegar na...

views 4283

Foi Com o Pai Dela

Ele abriu um pouco as minhas pernas e lambeu minha buceta. Foi quando eu comecei a gemer, ele disse que eu...

views 3728

Uma deliciosa primeira vez

Vi ele abrir o zíper de seu uniforme e expor seu membro rijo, negro e levemente curvado para o lado...

views 2228
 
 
Parceiros & Links Recomendados Recomendados!

1. 2. 3. 4. 5.
6. 7. 8. 9. 10.
11. 12. 13. 14. 15.
16. 17. 18. 19. 20.
21. 22. 23. 24. 25.
26. 27. 28. 29. 30.
31. 32. 33. 34. 35.
Videos De Putaria     KiNovinhas     http://www.rodiziodegatas.net/     CNN Sexo     xvideos porno     Novinha Tesuda

> Xvideos Pornos        > Só Putinhas        > Brasileiras Putas        > Mulheres a foder

> Comendo sua Mãe        > Gatas Quentes        > Portal da Putaria        VAZOU NO WHATSAPP


*ATENÇÃO: Clique aqui para entrar em contato conosco para denunciar um site acima que tenha conteúdo ilegal/malicioso ou contaminado!
> Clique Aqui e cadastre-se para se tornar um Parceiro do Projeto Pornô® <
 
 
    porno     pornô     videos porno     fotos eroticas     sexologia     contos eroticos     gostosas     novinhas

    amadora     xoxota     buceta     atriz porno famosa     sexo oral     bunda     traição     bundas

    xoxota     sexo oral     putaria     bucetas     porno    bucetinhas    contos eróticos
 
Violência Contra a Mulher: DENUNCIE! Todos Contra a Pedofilia!
Site Proibido Para Menores de 18 anos! Site Proibido Para
Menores de 18 anos!
Copyright © ProjetoPorno.com.br, Todos Direitos Reservados  -  Contato   Retirar Conteúdo
Melhor Visualizado na resolução: 1024 x 768 px.