(Fechar X)
Promoção Produtos Importados Br
Projeto Pornô
Publicidade1
Projeto Pornô
   
Comprar Produtos Adultos Importados (Embalagem Discreta)
Home
Vídeos
Fotos
Artigos
Contos Eróticos
Anuncie Anuncie
Parceria Parceria
Home   

Contos Eróticos

  

Casual

Contos Eróticos  

O entregador de marmitex

  Tamanho da Fonte:
Diminui Tamanho Fonte -    Aumenta Tamanho Fonte+
Imprimir Imprimir

O entregador de marmitex
Fonte Foto: xxxbunker.com
Meu nome é Camilla, tenho 35 anos, sou alta, branquinha, ruivinha tenho 1,77 por 72 kilos. Faço academia e sou separada. Moro numa casa com meu filho que como todo adolescente, mal para em casa.

Por volta de 11h00min eu estava faminta, liguei para meu filho que disse que não viria para o almoço, resolvi pedir um marmitex, já que cozinhar só para mim, não estava afim. Liguei então e fiz o pedido. Fui até cozinha e fiz um suco para poder esperar, eu estava quente, estava excitada àquela hora do dia.

Sentada no sofá, com um vestido vermelhinho confortável, podia sentir os bicos de meus peitos, que são fartos e rígidos latejar. Eu mal conseguia assistir a TV. E olhando para meu copo num ato de fervor e malicia, tive a idéia de apagar meu fogo e peguei uma pedra de gelo de meu suco e comecei a passar em meus peitinhos. Nossa que delicia!

Passava o gelo por todo mamilo, e esfregava no biquinho, fui enlouquecendo aos poucos que nem percebi que estava já de pernas abertas maliciando aquele gelo dentro de mim, e assim fiz varias pedras de gelos, sentindo derreter em minha buceta quente.

Com vontade e sem pudor, tinha um gelo em cada mão e com meu vestidinho tomara que caia enrolados abaixo dos seios, massageava com o gelo enquanto enfiava a outra pedra em minha bucetinha. Estava em meu momento.

Com pressão ia enfiando e sentido o derreter do gelo em meu corpo quente e imaginado loucuras quando fui interrompida por uma buzina. Era minha comida. Poxa, me aprontei e fui receber o marmitex, fazer o que né?

Perguntei o valor e dei uma nota, nem olhei pra cara do entregador. Na verdade estava com raiva, não tinha gozado. Queria pegar logo minha comida e voltar aproveitando o pouco de clima que me restava. Foi quando ele começou a procurar troco. Olhei para seu rosto com cara de reprovação, pois estava com pressa, foi ai que percebi que ele olhava firmemente para meus peitos, talvez porque o vestido estava um pouco molhado, ou pelos bicos que estava durinho e apontando sobre a roupa ou talvez fosse tudo impressão minha. Mas que nesse momento eu maliciei e imaginei que meu almoço poderia ser melhor, ah isso eu pensei...

Ele era um homem alto, uns 42 anos. Cabelos baixo grisalhos. Tinha a barba rasa por fazer e uma cara de que metia muito gostoso, e ainda bem que não me enganei!

Percebendo que ele se enrolava para me dar o troco, aproveitei e perguntei se ele não queria entrar, pois estava ouvindo o telefone tocar e lá dentro ele acharia o troco com mais facilidade, sei lá. Ele aceitou. Eu já tinha visto outras vezes, era um dos donos e já havia me entregado marmitex antes. Porém eu não tinha reparado em seu porte alto e forte. Suas mãos grandes e seus dedos grossos. E nem no volume de sua calça que confesso me deixou mais tarada.

É o telefone parou, eu disse um pouco sensual. E ele me respondeu pausadamente: sua entrega era minha única, faço apenas para desafogar... os entregadores... quando necessário. Da onde eu estava, e com o biquinho de meus seios durinhos respondi: Gosta de desafogar? E mordi levemente meus lábios. E ele me disse: Sempre que for preciso, gosto de ser útil. E maliciosamente, olhei para meu suco e os gelos ali todos derretidos e disse: Gelo era o que eu tinha para hoje.

Sorrindo aproximou se e disse Marcos, ao seu dispor. Eu suspirei e respondi Camilla. E sem mais palavras eu que estava mais que oferecida, Marcos me pegou no colo laçando minhas pernas em sua cintura e me beijos na boca. Mordendo levemente meus lábios e dizendo: Gelo? Tenho uma coisa melhor pra você. E me encostando- me na parede ainda em seu colo Marcos começou a me beijar e passar sua barba em meu rosto, e mordendo minha orelha. Apertava minha bunda e me chamava de gostosa a todo tempo. Eu gemia, e retribuía a cada toque a cada caricia. Estava louca? Primeiro me masturbei com gelo e agora ia meter com o entregador de marmitex? Nem dava tempo para pensar... Ainda em seu colo, Marcos foi me conduzindo até a sala e mordendo meu pescoço, eu beijava seus lábios e sua orelha. Podia sentir suas mão me apertando-me e encostando-me na escada, pude sentir seu dedo arrastando minha calcinha de lado e introduzindo na minha bucetinha. Queria ser dele!

Marcos era rápido e esperto. Sabia o que estava fazendo. Ali na escada, ele me sentou de frente no degrau e abrindo minhas pernas arrancou minha calcinha com os dentes, o que não saiu puxou com as mãos, e passou seu dedo em minha bucetinha molhada, e lambeu dizendo que ainda não estava no ponto. Eu gemi ao toque e sem delongas Marcos caiu de boca no meu bucetão, me sugando e levando-me a loucuras. Sentia sua barba me roçando e sua língua me devastando. Num fogo incontrolável, Marcos apertava meus seios enquanto me chupava fortemente. Sentia que ia enlouquecer pedia para que não parasse, eu queria mais. Nossa, quando tempo eu não tinha uma boa chupada. Eu estava com fome e pedi para chupá-lo também, pois estava louca pra mamar uma vara, então ali sentada na escada, semi vestida, Marcos tirou seu mastro para fora e já duro como rocha ofereceu batendo safadamente com ele em meu rosto. Segurei com as duas mãos e passei a saborear cada centímetro daquele pau duro e latejante. Estava nas alturas, chupava com força e lambuzava-o todinho. Marcos gemia e me segurava pelos cabelos, conduzindo os movimentos de vai e vem. Enfiava sua vara em minha boca, chegando até a garganta fazendo me engasgar. Chegava sair lagrimas de meu olho, mas eu chupava o feliz. Já estava desesperada pegando fogo, quando Marcos levantou-me pelo braço e disse: vire se minha putinha quero-te fuder de quatro. E ali na escada, Marcos pegou seu cacete todo babado pela minha gulosinha e segurando-me pela cintura colocou aquela cabeçona na minha bucetinha já inchada de excitação e foi enfiando, gemendo ao ver cada pedaçinho de sua rola me penetrando. Eu apenas ofegava e gemia bem baixinho. Queria sentir aquele homem grande me invadindo. Há tempos não metia gostoso. Apenas falava a todo tempo: me fode ,vamos , estou louca de tesão. Marcos socava fundo, fazia muito barulho a cada vez que ele socava minha buceta molhada, e dependia da estocada eu ate sentia arder, ele me pegava pela cintura e socava forte com vigor, sentia suas bolas batendo na minha bunda, enquanto eu acariciava e apertava meus seios. Desesperada, gemia muito e Marcos todo tarado, segurou-me pelo cabelo e disse: esta gostando safada? E mordicava minhas costas. Ainda prefere o gelo? E num movimento firme, empurrava ainda mais sua vara em mim. Ele virou meu rosto e beijando minha boca, me disse: Camilla, minha putinha gostosa, eu vou te encher de porra. Eu sentia seus 20 cm todinho dentro de mim. Então apenas gemi, dei uma rebolada na sua vara e pedi: Vem meu macho, me enche todinha com sua porra. E nesse momento,num delírio total, eu que já estava pra gozar, senti seu jato quente me lavando, escorrendo pelas pernas, enquanto levei varias palmadas na bunda... A cada jato, ele dava uma estocada e outra palmada. Eu gritei de tesão. Foram os Três minutos mais gostosos dos últimos tempos. Estava ali toda melada e com a bunda ardendo. Sentia sua porra escorrendo. Então Marcos tirou sua vara de mim, e deitamos no tapete, suados e exaustos.

Marcos com um sorriso lindo beijou-me. Eu perguntei se ele queria tomar um banho comigo, pois estávamos molhados de suor e tudo mais. Ele respondeu que sim e subimos para o banheiro.

Liguei o chuveiro e entrei primeiro, molhando-me da cabeça aos pés. Marcos entrou em seguida e abraçando de costas beijava meu pescoço e mordiscava minhas costas. Sentimos a água cair por minutos, nos lavando levemente, ali abraçados falando de coisas atoa, quando senti seu pau endurecer em minhas costas. Eu sorri e disse: ai Marcos, de novo, acho que não agüento. Então ele disse no meu ouvido: a gente tenta se não der, a gente marca outra entrega, e sorriu bem safadamente, me enlouquecendo. Eu sorri, desliguei o chuveiro. Marcos erguei-me nos braços e me beijando levou-me até o quarto. Sentou na cadeira no meu quarto e sentou em seu colo de frente para ele. Colocou sua vara já em ponto de bala na minha bucetinha e foi me penetrando todinha. Sentia seu pau latejar. Marcos sugava meus seios, mordia meu biquinho e forçava cada vez mais. Eu gemia e rebolava na sua vara quando Marcos com cara de cachorro levantou-me e colocou sua cabeçona no meu cuzinho. Fiz biquinho, e franzi a testa pedindo que não com o olhar, mas ele, tão sedutor, beijou meus lábios e me desceu devagar enfiando seu pau em mim. Tentei gritar, mas seus lábios sufocava meus gritos com longos e molhados beijos. Eu arranhava suas costas e gemia alto, sentindo me rasgar prazerosamente. Marcos se fartava alternando meus seios mordia e sugava com brutalidade enquanto fodia meu cuzinho. Eu massageando meu clitóris com meu dedinho avisei que ia gozar. E foi ai que Marcos me apertou e disse: Vamos juntinhos minha putinha gostosa... Eu só gemi baixinho falando: Sou sua, meu macho safado. E gozamos deliciosamente...

Fiquei ali sentada naquele macho gostoso e safado em seu colo abraçada sem nos mexer até seu pau amolecer e sair sozinho. Lavamos-nos novamente e Marcos ainda estava com putaria embaixo do chuveiro. Eu apenas sorria de suas graças, feliz e realizada.

O acompanhei até o portão e pelo menos uma vez por semana pedia sua marmitex ou pro almoço ou janta...

Autor: Camilla
Fonte: casadoscontos.com.br
O patrão ficou maluco!
Cupom de desconto do novo parceiro do ProjetoPornô: P10D2AAP
Acesse www.produtosimportadosbr.com.br e aproveite o nosso desconto!


views 3650


tags:

casual 

entregador 

marmitex 

fantasias 

coroa 

grisalho 

tarada 

putinha 

bucetinha 




Novidades:




  Contos Eróticos Relacionados

Ruivíssima

Ela estava com muito tesão com aquilo, pois dava pra sentir o corpo dela esquentando, fervendo...

views 1839

Meu marido me deixou transar com seu melhor amigo

Deitamos, ele retirou minha calcinha e chupou divinamente minha xoxota, gemi feito louca e gozei gostoso...

views 3937

Discreto

E foi sem pressa que iniciamos. ficamos muito tempo nos beijando, nos sentindo, percebendo o prazer que nos...

views 2237

Foi arriscado, uma loucura, mas não me arrependo!

Fiquei punhetando e chupando a cabeça, passando a lingua, puxei as calças dele pra baixo e chupei as...

views 4218

Fui furar o mamilo e levei uma foda de brinde

Invés de ele pegar um algodão pra passar álcool nos meus seios, ele espirrou um pouco de álcool nos 2 mamilos...

views 3820
 
 
Parceiros & Links Recomendados Recomendados!

1. 2. 3. 4. 5.
6. 7. 8. 9. 10.
11. 12. 13. 14. 15.
16. 17. 18. 19. 20.
21. 22. 23. 24. 25.
26. 27. 28. 29. 30.
31. 32. 33. 34. 35.
Videos De Putaria     KiNovinhas     http://www.rodiziodegatas.net/     CNN Sexo     xvideos porno     Novinha Tesuda

> Xvideos Pornos        > Só Putinhas        > Brasileiras Putas        > Mulheres a foder

> Comendo sua Mãe        > Gatas Quentes        > Portal da Putaria        VAZOU NO WHATSAPP


*ATENÇÃO: Clique aqui para entrar em contato conosco para denunciar um site acima que tenha conteúdo ilegal/malicioso ou contaminado!
> Clique Aqui e cadastre-se para se tornar um Parceiro do Projeto Pornô® <
 
 
    porno     pornô     videos porno     fotos eroticas     sexologia     contos eroticos     gostosas     novinhas

    amadora     xoxota     buceta     atriz porno famosa     sexo oral     bunda     traição     bundas

    xoxota     sexo oral     putaria     bucetas     porno    bucetinhas    contos eróticos
 
Violência Contra a Mulher: DENUNCIE! Todos Contra a Pedofilia!
Site Proibido Para Menores de 18 anos! Site Proibido Para
Menores de 18 anos!
Copyright © ProjetoPorno.com.br, Todos Direitos Reservados  -  Contato   Retirar Conteúdo
Melhor Visualizado na resolução: 1024 x 768 px.